PROJETO

A Redes da Maré e a Fundação Roberto Marinho, com apoio do Instituto Somos e Instituto Humanize, oferecem 14 turmas de Educação para Jovens e Adultos pela metodologia do Telecurso. São 6 de ensino fundamental e 8 de ensino médio. As aulas acontecem em diversos pontos no conjunto de favelas da Maré: Associação Pró Melhoramento do Parque Rubens Vaz, Centro Comunitário Conjunto Marcílio Dias, sede da Redes da Maré, Associação de Moradores do Conjunto Esperança, Associação de Moradores da Vila dos Pinheiros, Igreja Sagrada Família e Lona Cultural Herbert Vianna. São cerca de 400 estudantes que estão retornando aos bancos escolares para completarem o ensino fundamental ou médio com qualidade.
O Telecurso foi criado nos anos 70 pela Fundação Roberto Marinho, com o objetivo de ampliar o acesso à educação de qualidade pela TV. A partir dos anos 90, uma metodologia presencial foi desenvolvida e desde 1995, mais de um milhão e meio de estudantes se formaram em escolas públicas de 12 estados brasileiros. No Rio, para atender a jovens e adultos que estão fora da escola, a Fundação Roberto Marinho tem uma Escola que adota o Telecurso e está presente no Jacaré, em Manguinhos, no Santa Marta, em Porto da Pedra (São Gonçalo), no Rio Comprido, em Jacarepaguá, além da Maré.

Equipe

Coordenação Alessandra Pinheiro

Professores

Aline Araújo da Silva
Aparecida dos Santos Mercês
Bruno Bonsanto Dias
Cristiana Aparecida da Cunha
Fernanda Santiago França
Juliana Águida Mendonça de Andrade
Luan Costa Ivanir dos Santos
Vitor Felix do Vale

Parceria

Fundação Roberto Marinho e Redes da Maré

Apoio

Instituto Somos e Instituto Humanize

VEJA MAIS FOTOS

PROJETOS RELACIONADOS