Projeto

Um espaço de encontro. Esta pode ser, em rápidas palavras, a tradução do trabalho realizado pelo Centro de Artes da Maré (CAM) - fruto da parceria entre a Redes da Maré e a Lia Rodrigues Companhia de Danças. Idealizado para criação, formação e difusão das artes, com destaque para a dança contemporânea, o CAM vem se constituindo numa referência genuína para romper com a segmentação existente entre os diferentes territórios da cidade no campo do direito à arte. Sede da Escola Livre de Dança da Maré e da Lia Rodrigues Companhia de Danças, o Centro de Artes da Maré é Ponto de Cultura desde 2009. O selo fornecido pelo Ministério da Cultura legitimou o trabalho já realizado no espaço – cuja proposta é ser um lugar privilegiado para manifestações artísticas e culturais de diversas linguagens. Oficinas culturais, sessões de cinema e espetáculos de variadas manifestações artísticas realizados no CAM têm levado espectadores dos mais diversos pontos da cidade para a Maré. Rompimento de fronteiras e superação dos limites do território que podem resumir os objetivos do trabalho realizado no Centro de Artes da Maré. Com a ideia de incentivar e aprofundar este intercâmbio com a cidade – positivo para todos os envolvidos – o Centro passou por reformas e adaptações e está apto para receber diferentes atividades, tais como espetáculos de teatro, dança, expressão corporal e oficinas abertas à comunidade. Dinamizado e atuante, o Centro de Artes da Maré é um dos pilares do trabalho do eixo de cultura da Redes da Maré, que conta com vários projetos e parcerias que visam superar estereótipos e promover a diversidade cultural, social e artística para além dos muros da comunidade. O Centro de Artes da Maré fica na Rua Bittencourt Sampaio, 181 - Nova Holanda (próximo à Avenida Brasil).