PROJETO

Com o apoio do Itaú Cultural / Rumos, o projeto Maré a Céu Aberto vem sendo realizado ao longo de 2019 e se estende até fevereiro de 2020. Apresenta uma proposta inédita que agrega os objetivos iniciais de um museu a outros que atendem às especificidades da Maré, um bairro com características históricas, demográficas e culturais únicas. O projeto é um convite ao conhecimento e ao reconhecimento da genealogia mareense. A princípio, foram definidos cinco locais emblemáticos do bairro, que funcionarão como Estações de Memórias e onde serão construídos marcos constituídos por intervenções artísticas e painéis de azulejos com memórias dos moradores.

Coordenação Geral: Laura Taves
Coordenação Oficinas de Arte: Marcya Santos
Coordenação de campo Memória: Tereza Onâ e Angélica Ferrarez
Equipe: Mariane Rodrigues, David Nascimento, Karla Rodrigues,Thais Custódio
Artistas Convidados: Gustavo Gustavo, Prili Fizman, Arcasi, Leticia
Consultores Convidados: Ernesto Neto, Aylton Krenak, Paulo Knauss, Mãe Celina
Colaboradores diretos: Wallace, Carlos Marra, Luciene Vieira, Pamela Carvalho, Alessandra Pinheiro, Raphael Magacho
Curadoria: Keyna Eleison
Mobilizador: Henrique Gomes
Mestre de Obras: Carlos
Gestor Administrativo: Carlos André

PRINCIPAIS REALIZAÇÕES

2019
Ao longo de 2019 as ações deste projeto, que nasceu da união do trabalho das equipes do NUPEM e da Azulejaria, foram se concretizando em diferentes frentes: pontapé inicial com um aulão aberto com Aylton Krenak, Paulo Knaus, Ernesto Neto e Mãe Celina. Realização de pesquisa, entrevistas e aulas campo, além das oficinas de artes com o envolvimento de crianças, jovens e adultos. Aliados ao intenso trabalho de mobilização para montar os 5 pontos de memória!

Mais fotos de Maré A Céu Aberto

PROJETOS RELACIONADOS

Fique por dentro das ações da Redes da Maré! Assine nossa newsletter!