BOPE arromba casas e carros de cidadãos cariocas e deixa uma pessoa baleada em operação hoje de manhã na Maré

 
IMG-20170529-WA0026           Foto: Patrícia Vianna

A Secretaria de Segurança pública do Governo do Estado continua permitindo que a Polícia Militar viole os direitos de cidadãs e cidadãos cariocas: hoje foi a vez de moradoras do Conjunto de favelas da Maré terem casas e carros arrombados e depredados pelo BOPE durante mais uma de suas operações truculentas e ineficazes.

A operação começou com intenso tiroteio às 5:30 da manhã, acordando a população com o som dos tiros que anuncia mais um dia sem aulas para as crianças e adolescentes que moram no Complexo.

Além de violar o direito à privacidade da população ao arrombar e invadir suas casas e o seu direito à  propriedade privada das pessoas que tiveram suas casas e carros depredados, o BOPE ameaçou duas tecedoras da ONG Redes da Maré e usou armas de fogo de alto poder letal em diversas ruas da Maré por onde a população local tem que passar para ir ao trabalho. O resultado foi pelo menos uma pessoa  baleada pelo BOPE e a violação do direito à Segurança pública de toda a população que foi colocada em risco pelos tiros da polícia e dos grupos armados presentes na Maré.

A Marcha da Maré, organizada pelo Fórum “Basta de Violência! Outra Maré é possível” e realizada  no último dia 24, teve como objetivo justamente denunciar a escalada de violência que está ocorrendo no conjunto de favelas e reafirmar que a política de segurança implementada pelo governo atual é inaceitável. A Redes da Maré, ONG com uma longa atuação no território e integrante do Fórum reafirma seu compromisso de continuar trabalhando para exigir que o governo do Estado e a Polícia Militar do Rio de Janeiro garantam integralmente o direito à Segurança pública das moradoras e moradores das 140 mil cidadãs e cidadãos cariocas que moram no Conjunto de favelas da Maré.

IMG-20170529-WA0025

Foto: Patrícia Vianna

Marcha pelas vidas dos moradores de favelas no Rio de Janeiro!

Por Eliana Sousa Silva*

 

 O aumento gradual da violência ocasionada pelos enfrentamentos entre grupos criminosos armados e pelas operações policiais nas favelas da cidade do Rio de Janeiro (neste caso, com maior abrangência e letalidade) tem efeitos aterrorizantes para as populações dessas regiões. Num levantamento simples, via registro em imprensa escrita, sobre o número de mortes […]

Seminário reúne agentes e gestores em segurança pública e direitos humanos do Brasil e do Reino Unido

Evento será realizado no dia 30 de novembro, na Sala Cecília Meirelles, no Rio de Janeiro. Objetivo do seminário “Diálogos sobre segurança pública: experiências Brasil e Reino Unido” é aprofundar a troca de ideias e o intercâmbio entre os dois países na área de segurança pública 
Os recentes casos de revistas coletivas e execuções de jovens […]